Delação da JBS incrimina Lula e Dilma em novos atos de corrupção

Brasília, 19 mai (EFE).- As delações premiadas dos donos do grupo JBS, Wesley e Joesley Batista, incrimina em novos casos de corrupção os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, segundo documentos divulgados nesta sexta-feira pelo Supremo Tribunal Federal (STF).
Fonte: http://rss.uol.com.br/feed/noticias.xml

Loading...